Estrelas do meu céu...

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Em qualquer lugar em que olhar...


Ao som de "See me", Roxette

Olhei para a natureza quando acordei, suspirei fundo e implorei que me ajudasse a te enviar o meu amor...
Sabe esse calorzinho que te afaga o rosto todas as vezes que você sai ao sol? E essa carícia nos cabelos quando o vento sopra a brisa perfumada da manha?
Sabe essas flores que te sorriem quando você passa? E esses pássaros que trinam ao te ver, e essa borboleta que te beija ao entardecer?
Tudo isso é um singelo sinal que te mando, na esperança de me fazer presente mais e mais!
E se a saudade bater forte aí, olha para o céu e me veja desenhado nas núvens...

(meu coração continua aqui a te esperar...)

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Frase sentimental nº 21


Sopra seu amor em mim que te levo para navegar em sonhos perfeitos... conduz eu-barco num oceano de jasmim (e violetas, e rosas, e orquideas, e...) que te levo para viver num mundo de maravilhosas realidades!

(vem que estou aqui te esperando, e me entregando...)

terça-feira, 19 de abril de 2011

Um pouco mais...


Ao som de "My All", Mariah Carey

Arame retorcido, curvas, cola, acrílico, adesivo... tudo tão simples para o que expressa em si, assim como os saltos, os movimentos, os encontros e as pegadas... tudo aparentemente simples.
Mas o que é a simplicidade quando feito com "Entrega"? No que se tornam os movimentos quando há vida e arte na composição de cada novo passo?
Os corpos se moviam como num concerto bem orquestrado; a platéia se emocionava e se conectava àquela história comum, com um enredo comum, com um motivo comum... é estranho como buscamos naturalmente a simplicidade, mesmo quando expressa por meio da dança!
E do simples do cotidiano, acreditou-se, com merecimento, que a emoção aliada à tecnica fossem premiadas, e o arame, curvado, colado e adesivado, não era mais um material inútil; é um troféu (o primeiro de muitos, se Deus quiser), simbolizando que as dores, as dificuldades, as noites de ensaio (e os dias e tardes também), os pensamentos e as preces valeram muito a pena!
É emocionante o sabor da vitória! Sem vanglória e sem falsa modéstia. É muito bom mesmo.
Agora vamos nos dedicar um pouco mais...


(para o Grupo de Dança Iluminar e especialmente para a Ju, que me permitiu coreografar, entrou nessa emoção comigo e, juntos, me ajudou a ganhar esse prêmio... Ju, você será inegavelmente minha bailarina para sempre! - de fundo, a música que embalou nossos passos e nossa vitória)

quarta-feira, 13 de abril de 2011

E um dia será verdade...


Ao som de "I knew I loved you", Savage Garden

E quando eu acordei você não estava mais do meu lado...
Será que esteve mesmo ou foi um sonho/desejo por demais intenso?
Coração palpitando forte, vontade louca de gritar que te amo e sair correndo ao seu encontro... (a distância é psicológica... rsrs)
Mas abri os braços para o vazio e desejei que você se materializasse do ar (você tem sido meu ar); e surgisse do meu pensamento e me abraçasse bem forte...
Melhor sussurar ao seu ouvido que te amo!

(para tentar vencer a distância)