Estrelas do meu céu...

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Frase destrutiva nº 3


Ao som de "Encanto", Sandy e Junior

Pensei ter asas para voar rumo ao horizonte e lancei-me para a imensidão do céu, feliz em pensar que a felicidade estava logo ali ao seu encontro... mas não tenho asas e, quando você se foi (será que realmente esteve aqui em algum momento?), cai em queda livre e espero me arrebentar para não precisar sofrer a dor de não ser verdadeiramente amado novamente!

(doi, doi, doi...)

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Frase idiota nº 2


Ao som de " I will be", Avril Lavigne

Realmente felizes são as histórias de amor trágicas (daquelas de nos fazer soluçar) porque, diferente da minha, ninguém precisou arrancar o amor do coração depois de ouvir um "segue sua vida e seja feliz porque você merece..." ou "eu sempre vou te amar, mas é melhor assim..." ; a morte levou um e deixou o amor intacto!

(essa dor não vai acabar mais não?)

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

5ª tópica sobre o amor


Ao som de "Broken-hearted girl", Beyoncé

Não acredite em tudo o que ouve. Pouquíssimas pessoas conseguem dizer "eu te amo", "eu te quero", "eu serei sempre seu" com a verdade em suas frases; em menor quantidade ainda são as pessoas dignas de receber de nós essas mesmas frases. Contudo, ainda assim escutamos e nos iludimos... ainda assim falamos para quem não merece e nos iludimos de que é reciproco da outra parte, quando, na verdade, é que já estamos com metade do corpo em uma grande paixão. Mas NÃO é amor!!!

(como doeu sua frase, quando a li...)

domingo, 16 de outubro de 2011

Frase destrutiva nº 2


Ao som de "Songbird", Fleetwood Mac

E eis que prefiro não abrir mais meus olhos, pois que a vida perdeu seu colorido e o mundo desapareceu sob meus pés quando você se foi, levando a alegria, o amor e a esperança... e fiquei só no nada e sem forças para (re)tentar...

(tá doendo... como faz para parar?)

sábado, 15 de outubro de 2011

Frase destrutiva nº 1


 Ao som de "Samba em prelúdio", Vinicius de Moraes

Arranque-me de mim e deixe-me vagar direto e irrefreavelmente para o sol... se não tenho seu calor junto de mim, de corpo e amor, que o sol me aqueça e me consuma, fragmente-me em milhões de átomos, para que não sinta a dor da solidão ou a escuridão que me atormenta sem você ao meu lado e em minha vida!

(ao menos esse sol vai existir em minha vida...)

domingo, 9 de outubro de 2011

Frase sentimental nº 24


Ao som de " I want you", Savage Garden

Se tenho que dormir, que seja pensando em você; se tenho que acordar, que seja ao teu lado; se tenho que viver, que seja para te fazer feliz; se tenho que sentir, que seja o calor do seu corpo no meu a nos arder; se tenho que lutar, que seja para te conquistar cada dia mais;  se for para sonhar, que seja em tornar realidade minha vida junto de você!

(o momento de carência, dessa vez, veio com um toque de desejo e esperança)

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

4ª tópica sobre o amor


Ao som de "Love me tender", Elvis Presley


Fale mais o que sente. Ocultar seus sentimentos, sejam um "eu te amo", "eu te quero", "você é importante para mim", pode levar ao vício de sempre achar que o outro sabe seus sentimentos por ele. Mas, se junto com a fala vierem momentos de silêncio para apreciar a pessoa amada ou ocultar a repulsa à um corte de cabelo muito feio, você acaba de colocar o segundo pé em uma paixão avassaladora. Mas, ainda não é amor!

(letreiros luminosos com "perigo", parecidos com os de Las Vegas, estão nessa parte do caminho)

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

3ª tópica sobre o amor


Ao som de "Love cant wait", Cameron Mitchell

Controle suas mãos e pés, mesmo que seja preciso amarrá-los nas costas. Deixar o corpo sempre livre é dar chance de ele ligar demais para a pessoa desejada ou ir ao encontro dela, quando, na verdade, é importante deixar que ela sinta um pouquinho de saudade. Mas, se mesmo assim a vontade não passar e, junto com a vontade vierem "planos de encontro à luz da lua" e "piqueniques no parque em uma manhã de primavera", isso é sinal que um dos seus pés já está todo em uma grande paixão! Mas, infelizmente, ainda não é amor...

(o letreiro de "perigo" está maior nesse ponto do caminho...)