Estrelas do meu céu...

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Quando o tempo não para II


Ao som de "Our king of love", Lady Antebellum

E os sonhos se foram sem dizer adeus ou pedir permissão, como eu esperava que fizessem um dia. E com eles foi-se embora meu coração, e ficou um vazio estranho... estranho como pareceu que o tempo parou, na verdade!
Mas assim como se foram, de repente voltaram, e trouxeram consigo a esperança para acalentar esse coração que ficou vazio e incompleto.
Acho que vejo a certaza de um futuro bom... finalmente!

(a vida sempre me surpreende)

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Meio assim


Ao som de "Wanted you more", Lady Antebellum

Meus passos pareciam ir em direção nenhuma quando me dei conta que caminhava. Um mundo estranho circundava minhas emoções e simplesmente não pediam licença para cravar unhas afiadas em minh'alma, onde "eu-ser" ficava como marionete de pensamentos turbulentos e desejos infames.
Onde as verdades dúbias? Resolveram distanciar-se nesses momentos cujo fragmento era demasiado grande em mim, qual canyon sinistro de neblina espessa e brilho cativante?
Não havia nada que chamasse a atenção ao redor e aqueles meus olhos, ora ansiosos, ora tristes, ora esperançosos, não divisavam nada, pois que nada buscavam em especial...
Onde as cafeterias desta cidade de sonhos para o capuccino com creme e os biscoitinhos de todos os sonhos?
"Porque sinto falta de mim às vezes não significa que não possa ser-me", penso sozinho na escuridão desse poste que falta justamente o que preciso. Caminhar mais não me excita e ficar parado tão pouco me entretem. Falta algo...
Por que sinto sua falta? (Acho que encontrei a pergunta que faltava)
Bem, novamente abastecido pela curiosidade, hora de voltar a buscar uma resposta que pelo menos me faça voltar a sonhar com luzes, croissants e belos corpos em uma piscinas de vapores!

(quero meus sonhos de volta! sugestão: baixem e ousam a música, vale a pena!)

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Sei...


Ao som de "Broken", Leona Lewis

Sei:
  que prometi não falar mais nisso,
    que iria seguir a minha vida,
      que deixaria você seguir a sua vida...
Sei:
        que prometi não mais pensar em você,
          que arrancar-te-ia do meu coração e da minha vida;
            que acabaria com qualquer vestigio de que algum dia já amei você...
Sei que:
                te pedi para não pensar mais em mim;
                 disse para fazer do fantasma do passado uma ilusão da sua mente;
                   implorei para que você não me procurasse mais...
E:
  Por que disse que me amava, se não ficariamos juntos?
     Por que disse que era melhor assim, se estariamos longe um do outro?
        Por que não consigo seguir, se você não me quer mais?

O que fazer agora, já que sei que:
           Você é quem eu verdadeiramente amei;
             Quem realmente me faz feliz, mesmo longe;
                Que verdadeiramente me faz enxergar um futuro a dois...?

(para a nostalgia que me abateu... sei que tenho que seguir, mas volta pra mim...?!)

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Vida bandida nº 1

 
Ao som de "Lady Marmalade", Moulin Rouge
 
Isso... puxa meus cabelos, geme em meu ouvido enquanto descubro seu corpo com meu corpo, morde meu ombro enquanto te pego com vontade, diz que sou o único que te faz feliz e me deixa te levar ao infinito do prazer selvagem e bom... depois, prometo que saio de fininho da sua cama, te dou um beijo leve na bochecha para não te acordar, pego o que é meu (e você me deu de bom grado), e te procuro de novo só quando me telefonar para mais uma dessa...

(abana que o calor aqui é mato... rsrsrsrsrs)

domingo, 13 de novembro de 2011

Fome nº 1


Ao som de "Burning Up", Madonna (Glee version)

Quero uma porção de você (aquela mistura agridoce de beijos, amor, amassos, ciúme e tudo mais dos primeiros momentos), regrado em bastante desejo e esperança, flambado em paixão, salpicado de sonhos e emoções, servido em seu corpo que me deixa louco e solvido com vontade.

(é o verão ou o calor que estou sentindo é outro?)

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Momento engraçado nº 1



Ao som de "Y.M.C.A.", Village People

Pensei estar sonhando quando vi uma fada cavalgando um cavalo colorido e muitas pessoas fazendo festa ao redor: rindo, cantando, pulando, se abraçando, se beijando, e vivendo felizes em meio ao caos do mundo... mas era só a parada do orgulho gay mesmo que estava passando em frente a minha casa... rsrsrsrs. ;)  (LGBTS para os radicais).

(a todos os meus queridos amigos que levantam a bandeira arco-íris com orgulho)

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Momento sensual nº 1


Ao som de "Like a virgin", Madonna

Não fique só me olhando com esse jeito safado! Vem sentir meu calor nas suas mãos e no seu corpo, meus lábios nos seus, e no seu pescoço, e no seu peito... Vem... sinta minhas mãos percorrerem seu corpo e o arrepio inebriante da minha pele ao seu toque. Sente meu perfume se misturar ao seu perfume, e ao nosso suor, e ao nosso desejo, e à nossa loucura prazerosa...

(aiai... rsrs)