Estrelas do meu céu...

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Jesus pra mim

Pelos anos de vida consciente que tenho experimentado nesta existência, já ouvi diversos relatos dizendo da personalidade de Jesus e, embora todo o respeito que tenho pelas sumidades no assunto em face a visão histórica e espiritual que apresentam, não quero deixar de perceber que tudo o que dizemos sobre Ele está diretamente ligado à nossa consideração a partir do que temos de compreensão de nossa vida e dos nossos sentimentos íntimos (e por isso tantos conflitos, visto que cada pessoa é única e encara cada situação de maneira diversa da outra, embora vivamos, em muitos momentos, situações semelhantes do companheiro ao lado). Assim, visto que consigo falar apenas daquilo que apreendi, compreendi, senti e vivi em relação a Jesus (e os historiadores tem um papel muito importante e, à eles, o meu agradecimento), posso dizer que, pra mim, Jesus é a porta fulgurante de vida plena, sem perder as expressões do sentimento, da sensação, da emoção e da percepção; Jesus pra mim é o sol que me aquece e dá esperança de dias melhores e mais alegres, principalmente nos meus momentos de maior desespero ou infelicidades (que infelizmente estão se adensando, ainda não consegui identificar por que); Pra mim, Jesus é o abraço que me acolhe o pranto vindo d'alma e consegue fortalecer meu ideal de querer crescer a cada dia, às custas dos meus defeitos mais arraigados (pedregulhos pouco a pouco lapidados e pulverizados com o suor do meu esforço e, insignificantemente ainda, do meu amor ao próximo); Jesus, essa figura ímpar da humanidade, para mim é meu irmão, sem preconceitos ou julgamentos, pronto pra me defender, aconselhar, repreender de maneira amorável, nos momentos em que cada uma dessas situações se faz necessária. Jesus pra mim é tudo, preenchendo a partir da minha permissão o nada que fiz da minha existência que, sem Ele, não teria todas as bençãos e frutos que conquistei até hoje (não nego o meu esforço, mas não deixo de reconhecer Nele a fortaleza a me sustentar em tudo!)... Ele é o meu caminho, a minha verdade e a minha vida e essa certeza, neste novo começo, me deixa em paz pra continuar a lutar pelo que acredito, para a frustração das demais opiniões perniciosas que aparecem diariamente!

2 comentários:

Anônimo disse...

É isso aí mano... bacana sua visão... Jesus foi e é a inspiração... se os cristão fizessem 25% do q ele ensinou o mundo seria outro...
abraço
Miller

A disse...

Mesmo depois de tudo ainda tentam diflamá-lo... Se todos nós seguissimos sues ensinamentos, tudo seria mais fácil de resolver....