Estrelas do meu céu...

domingo, 22 de maio de 2011

Que eu sou...


Ao som de "Quem eu sou", Sandy Leah

Ano passado, teria dito que sou Éverton, um ser humano comum, com 25 anos, atuando como posso como psicólogo, trabalhador da Causa Espírita; também teria dito que sou cheio de qualidades e defeitos... tantos de cada um que me perco no que consigo e no que devo evitar.
Também teria dito que sou o efeito das minhas causas passadas e que serei o efeito das causas de agora; teria dito que sou uma gota no oceano universal e que sou único, mesmo perante infinitos outros "eus".
Algum tempo atrás teria dito que sou libriano, divertido, sarcástico, enigmático, inteligente, racional com um toque de sensibilidade, emotivo com um toque de frialdade; que sou inegavelmente companheiro, mas sem deixar de ser ou dizer "de mim e do que sinto".
Também teria dito que sou tudo o que os outros dizem que sou, porque isso as faz dormir bem à noite, e além de não querer tirar o sono delas, não ligo, tão pouco; teria dito que sou tudo o que as pessoas não conseguem ver em mim, seja por ocultar delas, seja porque ainda não descobri em mim, seja porque elas são desatentas.
Anos atrás teria dito que sou fruto do amor... um amor que vem dos meus pais, irmãos, familiares, amigos e todos que gostam de mim por algum motivo; teria dito que sou força de amar, e que amo com tanta intensidade que movimento o "meu mundo" e o mundo como um todo.
Segundos atrás teria dito que sou segundos mais velho do que aparento e que esses segundos me fazem falta e bem, ao mesmo tempo; teria dito que sou, apenas e simplesmente isso!
Mas hoje, nesta minha segunda data de "aniversário", digo que estou Éverton e que sou um espírito comum em progresso, contendo tudo o que disse, mas em estágio passageiro, visto que estou em eterno ebulir de mim mesmo e, assim, crescendo e amadurecendo mais e mais!

(para vocês que me seguem e para mim que continuo... vamos por mais um ano!)

Nenhum comentário: