Estrelas do meu céu...

terça-feira, 14 de junho de 2011

Provas...


Ao som de "Prove you wrong", Until the End

Esses olhares súplices não me convencem... eu sei que você é capaz! Me desafiar tampouco faz diferença. A prova está sobre a sua mesa: respire fundo, concentre-se e faça (se quiser, claro!).
Por que o medo de algo natural? A vida é cheia de provações meu caro...
Você quis nascer e sair para o dia, então, teve que provar que conseguia e fazer um grande esforço para sair do ventre de sua mãe. Você quis brincar com aquelas outras crianças e, teve que provar que era um bom amigo. Você quis conquistar aquele amor que lhe passou  à frente, então você teve que provar que tinha coragem e se arriscar... e conseguiu algo com isso (alguns foras, alguns beijos...). Você quis ficar até mais tarde em uma festa e, para tanto, teve que provar para seus pais e/ou cuidadores que merecia confiança. Você quis muitas coisas e, para sua surpresa, viu que a única maneira de conseguir é provar que merece.
No presente e no futuro também será sempre assim:

Você quer comprar aquele carro novo? Prove que tem grana!
Você quer passar no concurso? Prove que conhece a matéria!
Você quer ser promovido? Prove que você é melhor que os demais!
Você quer ser compreendido? Prove que sabe compreender!
Você ama alguém? Prove de alguma maneira!
Você quer... Prove!

E a prova, quase sempre, é para você mesmo!
Provar para nós que conseguimos, ou não, é um ato de maturidade tão grande quanto casar, educar uma criança, tomar o primeiro pileque e dizer que foi porque quis...
Prove ou admita suas limitações: eis a questão. E no caso de limitações, elas podem se tornar conquistas, se o esforço for bem grande...
Agora, creia : de todas as provas que você terá em sua vida, essa, na sua frente, onde tem que marcar com papel e caneta, será a mais fácil que fará dentre todas!

(para os meus alunos, nessa semana que sei estar sendo difícil para eles)

2 comentários:

Anônimo disse...

Escreveu divinamente... Respostas as quais procuramos todos os dias, estão á nossa porta, mas não nos esforçamos (o suficiente talvez) para ver... Parabéns!

Gabriel Nogueira Ferreira disse...

Olá Éverton, o seu blog é bem interessante...parabéns!!! abraços