Estrelas do meu céu...

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

I choose a mortal life - part I



Já tive tempo pra fazer o que nenhum outro homem jamais fez
Já tive desejo de ser o que nenhum outro homem jamais foi
Já tive oportunidade que sentir o que nenhum outro homem jamais sentiu
Já tive coragem de me entregar como nenhum outro homem jamais se entregou...

Mas do tempo, do desejo, da oportunidade e da coragem
Caracteristicas de um significado puramente meu
Fiz um camafeu ambíguo, que ainda carrego no peito
Uma escolha de dor e uma alegria profundas, contudo sem sentido (às vezes...)

Um símbolo para dizer que meu tempo agora é restrito como de todos os outros homens
Um amuleto  para dizer que meu desejo é inconstante como de todos os outros homens
Uma "tatuagem" para dizer que minha oportunidade é limitada como de todos os outros homens
Uma algema pra dizer que minha coragem é ilusória como de todos os outros homens

E me apercebendo disso na imortalidade que escolhi
Continuo, limitadamente
Temporizando, desejando
"Oportunizando" e lutando... 

(num momento de reflexão)

Um comentário:

Naiara disse...

lendo me da uma vontade de agir perante a vida...
e nao ficar sentada vendo ela passar...