Estrelas do meu céu...

terça-feira, 15 de junho de 2010

Little Prince


Antes que eu fechasse os olhos e esperasse o tempo passar
Não acreditando que a vida pudesse me emocionar novamente,
Deus me honra com um recado, um presente
Revificar um sentimento distante, mas insistente, e navergar
Ébrio mar dançante e
caliente, e nele desejar, sonhar e amar...

Loucura, insanidade e insensatez, alguns diriam...
Ufania, unicidade e primazia, outros falariam...
Independente do que todos pensariam ou sentiriam...
Zênite lirico e profundo se cria, e nos conquista, e nos embala, e nos envolve (e eu voaria)

Tudo me parece muito incomum e um tanto atemporal...
Alguma coisa me diz, no íntimo, que esse encontro real e deliciosamente paradoxal,
Vem de um lugar que não pode ser medido, equalizado ou profundamente decifrado
And an unchained melody floats in my heart for you
Redesenhando um mundo real e ao mesmo tempo encantado
Esfacelando os medos do passado, fazendo ribombar novamente um coração (agora) aliviado e
Sentenciando em mim um desejo imperturbável: entregar-te o coração para teu castelo aládo.

(para dizer de uma conquista)

2 comentários:

Naiara disse...

são essas mudanças bruscas que a vida nos prepara... é, quando sentimos que nada de novo pode surgir é que tudo muda...

A disse...

Ai, ai.... Quando penso que sei tudo, o meu tudo muda... e já não sei de mais nada...