Estrelas do meu céu...

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Frase decisiva nº 1

 
Chorei tudo o que precisava, senti a dor que desejava e sofri o quanto me faltava sofrer por uma paixão. Agora recuperado de mim e por mim, continuarei a caminha, visto que o amor deve ser alegria e não tormento ou melancolia...

(a vida segue e eu vou junto... ainda vou encontrar alguém que me queira)

2 comentários:

Anônimo disse...

Isso aí meu amigo! Aprendi isso com vc , todos temos o direito de ser felizes... Abraços fraternos...
Paola

Julio Dario disse...

Poxa... já tive uma fase assim, todos nós tivemos né.
E foi exatamente isso que eu fiz.
Engraçado, um livro que me marcou muito nessa fase foi "Ninguém é de Ninguem" da Zibia.
Embora hoje não gosto mais dos livros dela, esse livro me marcou muito e agente nao pode "cuspir no prato que comeu".
Esse livro me abriu os olhos para que somos seres individuais e que precisamos evoluir e crescer sozinhos sem colocarmos o pesado fardo da nossa felicidade nas costas de outras pessoas individuais e com falhas como agente.
Escutei uma frase uma vez. "Um relacionamento são dois inteiros que se somam e não duas metades que se completam!" me marcou muito...
Que bom que depois da tristeza (o choro necessário e renovador) vc agora se sente forte, e aí que está o grande triunfo, pois, agora você entra na batalha com uma cabeça mais centrada e focada.
O negócio é ser feliz amigo, independente se estar sozinho ou não, e estando feliz com você mesmo, emanando felicidade e conquistando pessoas a sua volta fatalmente aparece uma pessoa PERFEITA pra você. assim como acontenceu comigo hehe abraços! =)